Nalva Araújo
"Por fora, tenho tantos anos que você nem acredita.
Por dentro, doze ou menos, e me acho mais bonita.
Por fora, óculos, algumas rugas, gordurinhas, prata nos tintos cabelos.
Por dentro sou dourada,alma imaculada, corpo de modelo.
Por fora, em aluviões, batem paixões contra o peito.
Paixões por versos, pinturas, filosofia e amigos sem despeito.
Por dentro, sei me cuidar, vivo a brincar, meio sem jeito.
Não me derrota a tristeza, não me oprime a saudade, não me demoro padecente.
E é por viver contente que concluo sem demora:
É a menina que vive por dentro, que alegra a mulher de fora"
Marcadores: | edit post
Reações: 
2 Responses
  1. Anônimo Says:

    Lindo... lindo poema !!!


  2. Veraiz Souza Says:

    Achei muito lindo esse poema. Parece que foi escrito para mim, como é a minha vida hoje. Amei..


Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

G.A

Onde você está?

Terra em tempo real e a fase da lua