Nalva Araújo

Nos primeiros versos:
barquinhos de papel,
príncipe encantado,
sapatinhos na janela,
arco-iris,cavalo alado...

hoje:castelos,mar,
céu,infinitas cores,
laços,voos...

e o próprio ser:
na janela debruçado!


NalvaSol













Marcadores: | edit post
Reações: 
1 Response
  1. Malu Says:

    Nos versos do poeta tudo é navegável...
    Lindo poemar.
    Abraços e grande semana para si!!!


Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

G.A

Onde você está?

Terra em tempo real e a fase da lua