Nalva Araújo
No ocidente, o conceito de alcançar a verdadeira felicidade sempre pareceu mal
definido, impalpável, esquivo.
Até mesmo a palavra happy é derivada do termo happ em islandês, que significa sorte ou oportunidade.
Parece que a maioria de nós encara da mesma forma a misteriosa natureza da felicidade.
Naqueles momentos de alegria que a vida proporciona, a felicidade dá a impressão de ser algo que caiu do céu.


Para minha cabeça de ocidental, ela não parecia ser o tipo de aspecto que se pudesse desenvolver e sustentar, apenas com o "treinamento da mente".
Quando levantei essa objeção, o Dalai-Lama deu a explicação de imediato.
- Quando falo em "treinar a mente" neste contexto, não estou me referindo à
"mente" apenas como a capacidade cognitiva da pessoa ou seu intelecto.
Estou,sim, usando o termo no sentido da palavra Zen, em tibetano, que tem um significado muito mais amplo, mais próximo de "psique" ou "espírito"; um significado que inclui o intelecto e o sentimento, o coração e a mente.


Por meio de uma certa disciplina interior, podemos sofrer uma transformação da nossa atitude, de todo o nosso modo de encarar e abordar a vida.
"Quando falamos dessa disciplina interior, é claro que ela pode envolver muitos
aspectos, muitos métodos.
Mas em geral começa-se identificando aqueles fatores que levam à felicidade e aqueles que levam ao sofrimento.


Depois desse estágio, passasse gradativamente a eliminar os que levam ao sofrimento e a cultivar os que conduzem à felicidade. 
É esse o caminho."

(A ARTE DA FELICIDADE-Dalai Lama)
imagem-nath.loveblog.com.br

Train02e Pictures, Images and Photos
| edit post
Reações: 
1 Response
  1. Nalva adorei o formato do blog. Muito delicado e com ótimo conteúdo. Convido vc a visitar o http://cortejandoaarte.blogspot.com/
    Abraços!


Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

G.A

Onde você está?

Terra em tempo real e a fase da lua