Nalva Araújo


Atrás do tempo há uma cortina,
Em frente ao espelho
O sorriso uma menina,
A saudade
De um perfume que não senti.
No jardim,
A flor se abriu
E minhas mãos perderam pétalas.
Nos céus, ahhh... nos ceús !
Teu nome circula entre os deuses
E meus ouvidos escutam,
Clamo por teus olhos
No reflexo de minha alma.
Calma... estou aqui,
Na distância que me sorriu
Nunca houve um vazio,
Porque no dias mais frios
Teu amor me aqueceu...


Mario Sergio Andrade 


(Presente do meu amigo poeta)

Train02e Pictures, Images and Photos
Marcadores: | edit post
Reações: 
2 Responses
  1. Dizem...que já se disse tudo sobre o amor...mera mentira, porque o amor é tão imenso, que sempre há algo nele a se descobrir.
    Belo poema!
    Obrigado por visitar nossa Esquina!
    Abraços

    Bíndi e Ghost


  2. Menina.. menina...
    Ainda estou VIVO!!!! RSRSRSRS

    Um grande beijo e obrigado por sua amizade sincera!


Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

G.A

Onde você está?

Terra em tempo real e a fase da lua