Pai
Nalva Araújo

Pai... não estiveste presente aos
meus dias, todavia, compreendo
foi a vida com seu enredo,que ao
subtraí-lo de mim tão cedo,levou

a segurança... E todo meu desejo
de criança cedeu lugar ao medo
às desconfianças... Sem o lúdico
e sem teu colo,ainda sofro,ainda

choro...E para a tua ausência não
há consolo!Pai,se há remédio pra
essa dor eu ignoro! Contudo,meu
Pai... Eu agradeço tua passagem;

Me deste a vida,foste minha estrela
mais colorida;Um sonho,cujo sabor 
jamais passou!O meu presente, meu 
               Oásis - meu primeiro amor!]




Nalva Araújo - NalvaSol







Marcadores: | edit post
Reações: 
0 Responses

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

G.A

Onde você está?

Terra em tempo real e a fase da lua