Nalva Araújo
Orfeu, músico ,cantor ,poeta e apaixonado por sua Eurídice, encantava o todos com sua voz,até que teve sua amada levada por morte prematura...
E o canto de orfeu se entristeceu ...e de tão triste comoveu os deuses do mundo dos mortos com suas súplicas!

Decidiram lhe devolver a amada, e orfeu desceu ao mundo das sombras pra resgatar a sua musa.
Enquanto a procurava,continuava a cantar numa busca incessante...e de tão triste seu canto, todos que ouviam choravam!
Foi então que a deusa Perséfone lhe impôs uma condição...que lhe entregaria Eurídice ,mas que ao ultrapassar os portões do inferno no caminho de volta, não olhasse para trás,ou se quer virasse a cabeça ,se não perderia sua amada para sempre...


Orfeu tomou sua amada e saiu feliz a cantar ,decidido a não olhar...Eurídice a lhe seguir num feliz retorno...quando já estavam alcançando a superfície da terra ,Orfeu ansioso ,saudoso e com medo, olha pra trás pra encontrar seus olhos nos da amada...e seu amor se perde pela segunda vez,Eurídice se esvai... que nem pó,e dessa vez pra sempre!

Orfeu segue a vida com seu cântico de dor,perambulando triste por entre as matas ,até que é morto por mulheres de uma tribo, enfurecidas por sua fidelidade...

Eu vejo essa história e analiso da seguinte forma,o canto ,representa levar a vida com alegria, e se for com dor, que ainda assim tenhamos forças pra cantar...pra podermos viver um amor plenamente,ou resgatá-lo é necessário não olhar pra trás ,mas não olhar mesmo, de forma alguma,perceba que ,o que faz com que olhemos é o medo de perder ,a insegurança ,exatamente o que sentia Orfeu naquele instante.

Quando estamos numa relação, temos mania de olhar sempre pra trás ou porque era muito bom e mudou, ou porque aconteceu algo ruim que nos magoou,(com saudade ou com raiva).

Os portões do inferno é o nosso dia a dia,é comer o sal juntos,é dividir os problemas,é conviver...destruindo nosso orgulho a cada dia,é chegarmos as profundezas dos nossos sentimentos,odiar e amar ao mesmo tempo,e perdoar incansávelmente...amando o outro e negando a si próprio.


Veja que até a morte de Orfeu tem um significado profundo...infelizmente é um sentimento pertencente mais as mulheres ,que é a inveja, o despeito,a tentação ...é como se as infelizes não perdoassem o homem que ama só uma mulher.

È claro que a história não é minha e nem copiada totalmente ,eu a trouxe pra você do meu jeito,pra mostrar a metáfora nela contida.


Gente por enquanto é só, se tiverem vontade de comentar...por favor não se acanhe
Marcadores: | edit post
Reações: 
1 Response
  1. Anônimo Says:

    Ótima interpretação!


Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

G.A

Onde você está?

Terra em tempo real e a fase da lua